COVID-19: Vacinação arrancou nos Centros de Saúde algarvios

  • Print Icon

O Plano de vacinação contra a COVID-19 na região do Algarve arrancou hoje. Neste primeiro momento, que vai decorrer entre os dias 29 e 31 de dezembro, está previsto a administração de um total 1100 doses aos profissionais de saúde do CHUA (900 doses) e dos três Agrupamentos de Centros de Saúde da região (200 doses).

Os primeiros profissionais de saúde das unidades de Faro e Portimão do Centro Hospitalar Universitário do Algarve e das equipas que integram os ADR e postos de colheita dos três Agrupamentos de Centros de Saúde (ACeS Barlavento, ACeS Central; ACeS Sotavento) e do Laboratório Regional de Saúde Pública do Algarve Dra. Laura Ayres foram já vacinados num momento simbólico que marca o arranque da vacinação contra a COVID-19 na região.

No ACeS Sotavento a vacinação está a decorrer no Centro de Saúde de Tavira. O médico Henrique Santos, presidente do Conselho Clínico do ACeS Sotavento, foi o primeiro a quem simbolicamente foi administrada a primeira vacina.

Henrique Santos, que tem estado na linha da frente de todos os compromissos do ACeS na assistência a utentes infetados, tanto na ADC, como na Zona de Apoio à População de Tavira (ZAP), no Quartel de Tavira (assistência aos migrantes), ou na atual ADR-C do Sotavento, sublinhou que «decidi tomar esta vacina numa atitude de pensar na proteção das pessoas e sentir que este será o primeiro passo do princípio do fim da pandemia».

Henrique Santos.

No ACeS Central a vacinação está a decorrer no Centro de Saúde de Loulé, onde estão a ser vacinados os profissionais de saúde deste ACeS e do Laboratório Regional de Saúde Pública do Algarve Dra. Laura Ayres.

No caso do ACeS Central, a primeira pessoa a ser vacinada esta manhã foi a enfermeira Inês Bica, da Unidade de Cuidados da Comunidade Gentes de Loulé e que integra a equipa de colheitas domiciliárias deste ACeS.

«Após este período difícil cheio de adversidades, esta vacina é o impulso que precisávamos para continuarmos a desempenhar o nosso trabalho na linha da frente com a esperança que voltaremos à normalidade em breve.

Inês Bica.

A vacina, embora facultativa, deve ser tida em conta para um amanhã melhor», destacou a Enfermeira Inês Bica.

No ACeS Barlavento a vacinação está a ser realizada no Centro de Saúde de Portimão.

O primeiro profissional deste ACeS a ser vacinado foi o médico Victor Sobral, da Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados de Silves.

Para Vítor Sobral, «a vacina é um elemento muito importante para prevenir as doenças infeciosas. Neste caso, vem prevenir que nós não sejamos infetados ao dar-nos sobretudo mais defesas. Como profissional de saúde sensibiliza-me termos sido os primeiros».

Victor Sobral, da Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados de Silves.

Maria Clara Nogueira, Assistente Operacional do Internamento COVID de Faro e Vitalina Vieira, Assistente Operacional da Unidade de Cuidados Intensivos de Portimão foram as primeiras profissionais da saúde do Centro Hospitalar Universitário do Algarve a receber a vacina, em simultâneo nas duas unidades hospitalares, partilhando este momento que ambas esperam «ser de esperança nesta luta contra a Covid-19».

No âmbito do Plano Nacional de Vacinação contra COVID-19, nesta primeira fase, todos os profissionais de saúde que manifestarem interesse terão acesso à vacina, através de um processo contínuo e sequencial, de acordo com as prioridades definidas pela Direção Geral de Saúde (DGS) e as respetivas entregas das vacinas ao país.

O Secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Lacerda Sales, o Secretário de Estado e Coordenador Regional do Combate à COVID-19, Jorge Botelho, e o presidente do Conselho Diretivo da ARS Algarve, Paulo Morgado, acompanharam o arranque da vacinação contra a COVID-19 dos profissionais de saúde na unidade de Portimão do Centro Hospitalar Universitário do Algarve e no Agrupamento de Centros de Saúde do Barlavento no Centro de Saúde de Portimão.