COVID-19: SEF controlou 26 mil passageiros e PSP impediu 90 de viajar

  • Print Icon

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) controlou, nos aeroportos, 19.610 passageiros vindos de países da União Europeia e do Espaço Schengen e outros 6.228 passageiros provenientes de países terceiros, entre 31 de janeiro e quinta-feira.

Segundo uma nota do Ministério da Administração Interna hoje divulgada, além do controlo de 25.838 mil passageiros pelo SEF, nos aeroportos de Lisboa, Porto e Faro, a PSP verificou os motivos da viagem de 35.591 passageiros, e impediu 90 pessoas de viajar.

Dos 19.610 passageiros, de 447 voos, que chegaram a Portugal vindos de países da União Europeia e do Espaço Schengen, 488 não apresentavam comprovativo de realização de teste para despiste da infeção pelo novo coronavírus.

De entre os 6.228 passageiros, que viajaram em 95 voos e que chegaram a Portugal vindos de países terceiros, 68 não apresentavam o comprovativo do teste.

Os passageiros que chegam a território nacional sem o teste de despiste têm de o realizar no interior do aeroporto e têm de aguardar o resultado no próprio local.

Hoje, o governo decidiu prolongar até 01 de março a suspensão de voos, comerciais ou privados, com origem ou destino no Brasil e no Reino Unido devido à atual situação epidemiológica provocada pela COVID-19.