Comissões de Proteção de Crianças e Jovens reuniram em Lagos

  • Print Icon

Cidade lacobrigense foi o ponto escolhido para receber o encontro regional do Algarve das Comissões de Proteção de Crianças e Jovens em risco.

O auditório do Centro Cultural de Lagos recebeu ontem, quinta-feira, 26 de novembro, os elementos das 16 comissões algarvias para uma reunião de trabalho, conduzida pela presidente da Comissão Nacional, Rosário Farmhouse, e pela vice-presidente, Maria João Fernandes.

A abertura da sessão foi levada a cabo pelo presidente da Câmara Municipal de Lagos, Hugo Pereira, que se congratulou «pelo trabalho que tem sido desenvolvido pela CPCJ de Lagos, na identificação e resolução de situações de risco», assim como pelo facto de «o número de casos assinalados estar a diminuir».

Ao longo da manhã em que decorreu o encontro, os diferentes elementos das comissões tiveram a possibilidade de trocar ideias, analisar os aspetos positivos e negativos desta nova realidade, assim como os desafios que foram levantados e transpostos nos últimos meses de trabalho.

Para a presidente da Comissão Nacional, Rosário Farmhouse, «o trabalho invisível das CPCJ’s é de extrema importância e aquele que pode realmente fazer a grande diferença na vida das crianças e jovens em risco».