Cidadãos com mobilidade reduzida têm menos «barreiras» em Lagos

  • Print Icon

Autarquia tem levado a cabo diversas intervenções para melhorar a mobilidade.

A Câmara Municipal de Lagos está a desenvolver novos trabalhos visando a melhoria de acessibilidades para pessoas com mobilidade reduzida, depois da «abrangente intervenção, realizada através de empreitada», que consistiu em trabalhos de rebaixamento do acesso às passadeiras inseridas em zona urbana.

Em curso desde setembro, esta nova empreitada incide num dos principais eixos viários da cidade, mais concretamente a Rua Infante Dom Henrique, e inclui também a requalificação da zona de estacionamento adjacente.

Com um custo de 75934,61 euros (valor acrescido de IVA) e um prazo de execução de 120 dias, esta obra pretende não só eliminar barreiras à circulação pedonal, como melhorar a convivência da circulação pedonal com o estacionamento automóvel, de modo a aumentar os níveis de segurança e melhorar a imagem urbana daquela zona.