Castro Marim volta a promover encontros para bebés na Piscina Municipal

  • Print Icon

Município de Castro Marim volta a promover encontros para bebés na Piscina Municipal, a partir de dia 20 de novembro, mensalmente.

A Piscina Municipal de Castro Marim volta a promover os «Encontros para Bebés». A iniciativa arranca no dia 20 de novembro e decorrerá uma vez por mês.

Destinados a bebés/crianças com idades compreendidas entre os 6 meses e os 4 anos, os «Encontros para Bebés» vêm trabalhar e fomentar a autonomia e a segurança das crianças e, simultaneamente, promover a relação entre pais e filhos e a sociabilização entre bebés.

Este ano, o próximo encontro será a 11 de dezembro. Para 2023, as datas são 15 de janeiro, 19 de fevereiro, 19 de março, 16 de abril e 14 de maio.

A iniciativa é gratuita, mas com inscrições obrigatórias através de telefone (281 510 740).

Além desta iniciativa, a piscina retomou o habitual funcionamento da Escola de Natação (mediante inscrição), onde se desenvolvem as aulas de Adaptação ao Meio Aquático, Aprendizagem e Hidroginástica, segundo informa a Câmara Municipal de Castro Marim.

Programa Municipal previne e combate obesidade

Castro Marim arranca com novo Programa Municipal de Combate à Obesidade, em parceria com a ABESFA (Associação de Bem Estar Social da Freguesia do Azinhal).

Desenvolvido com base em diferentes abordagens, nutrição, psicologia e desporto, o programa tem o objetivo de combater um dos principais flagelos deste século e devolver qualidade de vida aos utentes.

O Programa Municipal de Combate à Obesidade visa, primordialmente, intervir em situações onde a pessoa já se sinta condicionada na sua qualidade de vida, procurando colmatar «a resposta lenta do Estado, que acaba por não agarrar o momento chave em que as pessoas sentem a motivação de mudar. Temos que perceber que a obesidade é uma das grandes causas de morte em Portugal, AVC, infartos e cancro», declara o médico e presidente da Câmara Municipal de Castro Marim, Francisco Amaral.

Em paralelo, o município de Castro Marim trabalha na sensibilização e reeducação alimentar nas escolas, nos alunos e nos profissionais, privilegiando ainda os circuitos curtos agroalimentares.