Castro Marim vai ampliar a Queijaria do Centro Multiusos do Azinhal

  • Print Icon

Castro Marim prepara-se para ampliar a Queijaria do Centro Multiusos do Azinhal, com o objetivo de criar um Núcleo Experimental.

A Câmara Municipal de Castro Marim começa esta semana as obras de ampliação da Queijaria do Centro Multiusos do Azinhal, uma intervenção de cerca de 90.000,00 euros que incide sobre a criação de um Núcleo Experimental, uma sala pedagógica acoplada à estrutura existente.

Nesse sentido, para implementar esta unidade experimental, a área útil da queijaria será aumentada em cerca de 40 metros quadrados

Este novo Núcleo Experimental, articulado com os valores do interior e do território, vai funcionar como «um centro de ciência viva», reforçando o trabalho já feito de valorização do queijo e da cabra algarvia, raça característica do Algarve e com grande expressão no território de Castro Marim.

O Centro Multiusos do Azinhal tem sido o palco por excelência das iniciativas e ações destinadas à promoção da cabra e dos seus derivados, sendo onde se realiza também a Feira «Terra de Maio», um evento exclusivamente destinado à promoção e incremento da Cabra de Raça Algarvia e dos saberes e sabores a ela associados.

A criação de gado e de Caprinos de Raça Algarvia é uma área de negócio de muitas famílias do território.

E é também na aldeia do Azinhal que funciona, desde 1991, a Associação de Criadores de Caprinos da Raça Algarvia (ANCCRAL), com o principal objetivo de representação e defesa dos associados no que se refere à criação, preservação e melhoramento dos caprinos de raça algarvia, contribuindo para o desenvolvimento da atividade e promoção da raça e dos seus produtos.

Em relação à obra «Núcleo Experimental da Queijaria – Centro Multiusos do Azinhal», esta trata-se de uma ação da candidatura «Patrimónios de Castro Marim: Valorização e Promoção de Produtores Locais e Produtos Endógenos», comparticipada pelo PO CRESC 2020, projeto PADRE, apoiada por Portugal e União Europeia, cofinanciada a 70 por cento pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER).