Castro Marim promove uma «cozinha natural» nas escolas do concelho

  • Print Icon

Haverá prioridade aos produtos locais e de pequenos produtores.

A Câmara Municipal de Castro Marim, com o objetivo «de promover a adoção de uma alimentação mais saudável e sustentável, num processo de reaprendizagem alimentar», investiu na contratação de serviços especializados de nutrição para as suas escolas.

Foi também dada formação profissional a todos os operacionais dos refeitórios do pré-escolar e 1º ciclo do concelho, permitindo «a sensibilização e a aquisição de novos conhecimentos e práticas, que facilitam as suas tarefas diárias e contribuem para um conceito de cozinha natural».

É vontade da autarquia «conseguir promover uma alimentação saborosa, mas mais saudável e acessível e que se articule com um maior respeito pelos produtos endógenos e por produtos de circuitos curtos».

Para tal, os procedimentos administrativos serão realizados por lotes, permitindo a diversificação de fornecimentos através de pequenos produtores.

Além de construir, avaliar e validar as ementas das escolas, estes serviços de nutrição serão também responsáveis pela promoção de palestras e ações que promovam a repercussão destas medidas agora realizadas no meio escolar.

Em intervenções anteriores, o município de Castro Marim «já tinha implementado um processo mais criterioso de seleção dos alimentos, privilegiando a origem de produção nacional e regional e alimentos menos processados e aditivados».