Carlão vem a escola de Silves falar sobre racismo e discriminação

  • Print Icon

Músico, que outrora era o «Pacmam» dos portugueses Da Weasel, estará na Escola Secundária de Silves, no dia 8 de outubro, para falar com os alunos deste estabelecimento de ensino.

A atividade, organizada pela Câmara Municipal de Silves através da sua Biblioteca Municipal de Silves (BMS) e em colaboração com a escola, terá lugar no auditório, a partir das 14h30, destinando-se a alunos do 9º ano e do ensino secundário, havendo uma capacidade máxima de 150 alunos.

«Livres e Iguais», o programa que dará corpo a esta sessão com os estudantes, é um projeto pedagógico de promoção do Interculturalismo (desenvolvido pela empresa Betweien em parceria com o músico Carlão, com a Associação SOS Racismo e com o Conselho Português para os Refugiados), que tem o propósito de sensibilizar e acabar com qualquer tipo de discriminação fundada na ignorância e no ódio.

Este projeto deu origem a um livro onde se abordam questões como o Racismo, a Discriminação Étnica e a Xenofobia, dotando os/as leitores/as do conhecimento e das ferramentas de que necessitam para combater, em si e naqueles que os rodeiam, atitudes e comportamentos discriminatórios.

Também se apresentam algumas ferramentas de reflexão e autoconhecimento, de enquadramento teórico e jurídico e alguns dados estatísticos, para além de três histórias ficcionadas e a letra de três temas musicados por Carlão sobre estas temáticas. Este livro será oferecido a todos os 150 alunos participantes na ação.

Esta iniciativa enquadra-se nas atividades previstas no âmbito da oferta educativa para as escolas preparada pela autarquia e, no caso particular, a BMS, procurando promover não só a leitura, como os valores da solidariedade e do respeito pelo outro, «pelos quais todos os cidadãos devem pugnar».