Associação de Futebol do Algarve dá por terminadas todas as suas provas

  • Print Icon

Ainda não está decidido o mecanismo para regular as subidas de divisão.

A direção da Associação de Futebol do Algarve (AFA), na sequência da deliberação da Federação Portuguesa de Futebol do dia 8 de abril e da monitorização constante que tem levado a cabo no âmbito da pandemia COVID-19, decidiu dar por concluídas todas as provas de futebol e de futsal do escalão sénior na época 2019/2020 com efeito imediato.

A ação foi tomada com «a observância das recomendações da Direção-Geral da Saúde e após ter auscultado todos os clubes participantes nas competições de futebol e de futsal do escalão sénior».

A AFA também informou que, nos próximos tempos, continuará «a dialogar com a Federação Portuguesa de Futebol para que possamos, com a maior brevidade possível, informar todos os filiados relativamente à forma como serão indicados os dois clubes que ascendem do Campeonato de Portugal à 2ª Liga, bem como à eventual indicação de clubes que possam vir a disputar provas em escalões superiores».

«Conscientes da realidade maioritariamente amadora dos nossos clubes, consideramos não haver condições e, eventualmente, recursos necessários para se concluírem os respetivos campeonatos até ao final da presente época desportiva, que finda a 30 de junho. Sabemos que esta é uma decisão difícil de ser tomada, pois frustra todo um trabalho que dezenas de coletividades e seus praticantes levaram a cabo, durante muitos meses, com fundadas expetativas de colher os proveitos desse esforço», lamenta a direção da Associação.

A entidade conclui referindo que, «no entanto, é nosso dever saber fazer uma justa ponderação de valores e, neste caso, reconhecemos a postura digna, responsável e muito coerente de todos os clubes da AFA, que não hesitaram em corroborar este pensamento. É com base no que acima referimos e também na grande imprevisibilidade dos próximos tempos que concluímos que, face ao quadro atual, não estão reunidas as condições para que estas competições prossigam».