ANJE leva moda e tecnologia portuguesa além-fronteiras

  • Print Icon

A ANJE – Associação Nacional de Jovens Empresários, através do projeto NEXT STEP, quer levar as PME portuguesas além-fronteiras.

O projeto pretende apoiar empresas na área da moda e das novas tecnologias, dois sectores em franco crescimento e com forte potencial de evolução em novos mercados.

A primeira «expedição» portuguesa é já no próximo mês de junho – à VIVA Technology, em Paris, de 16 a 19 de junho, onde a ANJE quer levar mais de dez marcas nacionais.

Assim, as empresas do sector das TIC que pretendam abraçar esta oportunidade, deverão inscrever-se na plataforma do projeto.

Sendo esta uma iniciativa financiada pelo Portugal 2020, no âmbito do Compete 2020 – Programa Operacional da Competitividade e Internacionalização, e comparticipado pela União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), as empresas participantes irão beneficiar de um financiamento de 50 por cento dos custos da ação em questão.

De acordo com Alexandre Meireles, presidente da ANJE, «o projeto NEXT STEP pretende impulsionar o posicionamento das marcas e empresas portuguesas em mercados internacionais estratégicos, uma vez que a exiguidade dos mercados domésticos e a atual conjuntura não permitem obter índices de crescimento sustentados».

«Torna-se assim impreterível iniciar processos de internacionalização bem delineados, assim como dotar as empresas do conhecimento necessário e dos mecanismos adequados para chegar aos mercados potenciadores da atividade económica portuguesa, satisfazendo o aumento da demanda por produtos nacionais, em concordância com o crescente interesse de alguns sectores de atividade», explicou.

A Viva Technology é o maior evento de tecnologia e startups da Europa. A feira reúne atualmente líderes globais em inovação tecnológica e transformação de negócios, startups, investidores, académicos, estudantes e meios de comunicação de todo o mundo.

A Viva Technology 2019 contou com mais de 400 palestrantes internacionais em conferências e workshops, e foi palco para 13 mil startups durante o evento de três dias.

O conceito do evento tem como objetivo promover a ligação entre startups e grandes empresas, oferecendo às emergentes uma oportunidade extraordinária de aproveitar o apoio e a supervisão de uma grande companhia para acelerar o seu crescimento. Para as grandes empresas, o conceito é um impulsionador da sua inovação e uma alavanca indispensável para promover a transformação digital.

Itália, Estados Unidos, Reino Unido, Rússia, Qatar, Dubai, China, Angola, Guiné-Bissau, Cabo Verde, Colômbia, são alguns dos países onde o projeto pretende estar presente, seja em feiras, eventos ou encontros empresariais.

Uma das novidades da edição deste ano é a criação eventos POP-UP, sob o mote LOCAL GOES GLOBAL POP-UP. Estas ações acontecem em três das principais capitais de moda da Europa – Paris, Milão e Londres – e ainda em dois mercados em franca ascensão – Moscovo e Qatar.

A Local Goes Global Paris, que será a primeira do leque de pop-up stores, vai decorrer em paralelo com a semana de moda de Paris, durante os dias 21 a 26 de junho.

Ao alinhar esta iniciativa com a semana internacional de moda, o objetivo é também poder atrair empresários que normalmente viajam para a capital francesa durante esta altura, e que poderão trazer contatos relevantes para as marcas e designers representados.

De destacar também que o projeto NEXT STEP promove e organiza um conjunto de Encontros Empresarias nos países da CPLP – Comunidade dos Países de Língua Portuguesa – que terão lugar em Angola, em julho, na Guiné-Bissau, em outubro, e por fim em Cabo Verde, em novembro.

Estes encontros têm como principal propósito permitir aos empresários portugueses uma correta abordagem a estes mercados, dando-lhes a oportunidade de explorar novas e rentáveis oportunidades de negócio.

As empresas interessadas poderão inscrever-se aqui e investir na mudança do seu negócio, ou reforçar os seus contatos.