Alunos da Escola de Hotelaria cozinham para a Cruz Vermelha de Tavira

  • Print Icon

Os alunos de Gestão e Produção de Cozinha da Escola de Hotelaria e Turismo do Algarve (EHTA) estão a prestar apoio ao núcleo de Tavira da Cruz Vermelha na preparação e confeção de refeições que se destinam a um número crescente de famílias carenciadas.

Perto de 300 refeições são confecionadas diariamente em Tavira, nas instalações da Associação A Gaivota e distribuídas por todo o Algarve.

O trabalho dos alunos é totalmente voluntário mas revela-se essencial para reforçar a equipa coordenada pela Cruz Vermelha e que tem como missão garantir que a alimentação chega a instituições de solidariedade localizadas em Quarteira, Moncarapacho, Fuseta, Olhão, Vila Real de Sto. António e Tavira.

Os alunos que estão a prestar o voluntariado trabalham ao lado do chef Adérito Almeida, também formador da Escola de Hotelaria e Turismo do Algarve (EHTA), estando garantidas todas as condições de segurança da equipa.

Para a aluna Jenyfer Freitas esta experiência está a revelar-se extremamente enriquecedora.

«Está a ser algo incrível tanto pelo lado profissional, de colocarmos em prática os conhecimentos ensinados pelos formadores, mas também por ser algo inédito, especial e gratificante, pois estamos a ajudar quem mais precisa no momento delicado que todos enfrentamos».

Rui Palma, também aluno de Gestão e Produção de Cozinha, realça o empenho de todos: «nós fazemos, todos os dias, o nosso melhor. Cozinhamos como se estivéssemos num hotel a cozinhar. Porque acreditamos que as pessoas têm direito a comer o melhor. Sinto um orgulho enorme por estar a fazer isto. Na verdade, é o mínimo que posso fazer».

Os alunos já revelaram total disponibilidade para continuar a prestar este voluntariado durante o período necessário.