Aljezur ajuda duas associações do concelho a fazer «importantes obras»

  • Print Icon

Valor total dos apoios ascende aos 200 mil euros.

A Câmara Municipal de Aljezur vai apoiar monetariamente duas coletividades do concelho na realização de «importantes obras», com vista a melhorar as suas condições de funcionamento.

Nesse sentido, o Juventude Clube Aljezurense viu o seu pedido de apoio ser aprovado para as obras de alteração e ampliação da sede em Aljezur, que já tinha merecido um apoio para o projeto de arquitetura e especialidades no valor de 1.538 euros. Assim, as obras de intervenção no edifício sede, com um valor de 131.954,10 euros, serão apoiadas a 100 por cento pela autarquia.

Esta «importante e necessária obra», na sede do clube, só é possível «devido à boa situação financeira da Câmara, que assim pode responder às necessidades das suas entidades e instituições, em benefício da comunidade de Aljezur».

A degradação do edifício, sem condições para o seu normal funcionamento, levou a um compromisso entre as partes, por altura das comemorações dos cinquenta anos do clube, em 2019. A intervenção permitirá que o clube volte a receber os seus sócios e atletas na sede.

O outro clube a beneficiar do apoio da Câmara é o Grupo Desportivo Odeceixense. A ajuda, no valor de 55.000 euros, destina-se à construção da Área de Serviço para Autocaravanas – ASA, no espaço adjacente à sua sede, em Odeceixe.

Este é «um importante investimento, na criação de um equipamento muito necessário para a freguesia e para a região, procurando, nesta parceria, criar condições para acolher as autocaravanas, que poderão pernoitar neste espaço, de uma forma legal e com as condições necessárias para o efeito».

O custo total da obra cifra-se nos 55.000 euros, acrescidos do projeto, orçado em cerca de 7.500 euros.

Segundo a autarquia, «as duas obras requerem um esforço financeiro que ascende a mais de 200.000 euros, suportados pela autarquia, que gozando de uma boa gestão financeira pode apoiar os projetos das entidades, que são importantes para a vida destes clubes, dos seus associados e da comunidade local».