Algarve vai ter «Lista Vermelha» das atividades e ofícios artesanais

  • Print Icon

Numa iniciativa pioneira a nível nacional, será publicado ainda este ano um «Red Book – Lista Vermelha das atividades artesanais algarvias».

O livro, que é o culminar de um trabalho de investigação, inventariação das artes tradicionais do Algarve e catalogação de acordo com o seu grau de risco ou de viabilidade.

A obra tem por objetivo construir quatro listas de Património Cultural Imaterial (PCI): Lista do Património Cultural Imaterial do Algarve Desaparecido; Lista do Património Cultural Imaterial do Algarve que Pode Necessitar de Salvaguarda Urgente; Lista do Património Cultural Imaterial do Algarve que Pode Necessitar de Salvaguarda e a Lista do Património Cultural Imaterial do Algarve atualmente viável.

O livro surge no âmbito de um projeto cofinanciado pelo Intereg POCTEP, Centro Magalhães para o Empreendimento de Indústrias Culturais e Criativas (0752_MAGALLANES_ICC_5_E), promovido pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Algarve.

Na qualidade de entidade parceira, a CDDR Algarve contratou, por concurso, a Proactivetur, empresa algarvia que há sete anos dinamiza o Projecto TASA (Técnicas Ancestrais Soluções Atuais) e que tem conduzido várias ações com vista à sustentabilidade das artes e ofícios tradicionais da região.