Algarve reforça aposta em atrair um turismo mais sustentável

  • Print Icon

Turismo do Algarve reforça a aposta em mercados que contribuam para o desenvolvimento sustentado da região.

O Turismo do Algarve está a promover o destino junto de viajantes apreciadores de um turismo mais sustentável, menos sensíveis ao fator preço e que prefiram visitar a região fora da época alta.

Entre os principais mercados que reúnem este perfil de turista estão os países do norte da Europa e do continente americano.

Continuar a crescer em valor e consolidar a percepção da qualidade diferenciada da oferta da região face aos principais destinos concorrentes são alguns dos objetivos que o Turismo do Algarve tem, neste momento, definidos como prioritários.

Para os alcançar, a estratégia que está a ser seguida passa pelo reforço da promoção do destino junto de mercados que, de acordo com as características do seu perfil de turista, sejam relevantes e capazes de contribuir para um desenvolvimento sustentado da região.

A corresponder a este perfil desejado estão viajantes que sejam apreciadores de um turismo mais sustentável, com poder de compra e menos sensíveis ao fator preço e que, de acordo com as suas motivações de viagem, prefiram visitar o Algarve fora da época alta.

Entre os principais mercados capazes de dar resposta a este perfil estão os países do norte da Europa, como a Suécia e a Dinamarca, que, muito motivados pela prática de golfe na região, se revelam muito apetecíveis para a promoção de visitas ao destino durante o inverno.

A estes juntam-se ainda o Brasil, os Estados Unidos e o Canadá, cujo interesse em torno do Algarve tem vindo a crescer de forma significativa, nomeadamente no que diz respeito a produtos como a gastronomia, a cultura e o turismo de natureza.

Seguindo esta estratégia, a Associação Turismo do Algarve (ATA) tem, até ao final do mês de outubro, presença marcada em quatro eventos:

  • International Golf Travel Market (18 a 21 de outubro), considerado o maior ponto de encontro para profissionais de viagens de golfe. A representar o Algarve neste evento, realizado no País de Gales, esteve a ATA, juntamente com 17 empresas associadas da região;
  • The Quality Travel Fair (22 a 24 de outubro), evento de referência, direcionado à Dinamarca e aos países nórdicos, que reúne, em Copenhaga, os mais importantes agentes de turismo desses mercados. Vocacionado para o turismo de luxo, esta feira contou, em 2019, com 17 mil participantes, entre profissionais e turistas;
  • MCE South Europe (24 a 26 de outubro), um fórum profissional que coloca destinos e prestadores de serviços da indústria de eventos do sul da Europa em contacto com organizadores de eventos internacionais. A edição deste ano tem como palco Vilamoura (no hotel Pestana Vila Sol) e contou com a intervenção da ATA na captação desta iniciativa para a região. Ao longo de três dias, o Algarve irá receber cerca de 80 profissionais europeus qualificados da área da Meeting Industry, que terão a oportunidade de conhecer in loco a oferta que o destino dispõe vocacionada para este segmento;
  • ILTM Latin America (26 a 29 de outubro), um dos mais aclamados eventos vocacionados para o turismo de luxo junto dos mercados da América Latina. A decorrer em São Paulo, esta ação caracteriza-se pela escolha criteriosa dos participantes, entre os quais alguns dos principais especialistas na área do «turismo up-scale», desde operadores e agências de viagens exclusivamente dedicadas a este segmento, «private travel designers» e «lifestyle and travel consultants». A ATA terá a possibilidade de criar e consolidar relações com alguns destes profissionais, em mais de 50 reuniões que estão já agendadas.

«Todos estes eventos são montras privilegiadas para promovermos o Algarve num posicionamento que temos vindo a construir em torno da qualidade, da diversidade e do caráter diferenciador da oferta do destino», afirma João Fernandes, presidente do Turismo do Algarve, explicando que a participação do destino nestas ações prima pela apresentação de propostas surpreendentes que atestam a riqueza e a autenticidade das experiências que podem ser vividas na região.