Alcoutim: Igreja da Nossa Senhora da Assunção reabre após restauro

  • Print Icon

Investimento superou os 156 mil euros.

A Igreja da Nossa Senhora da Assunção, em Giões, no concelho de Alcoutim, foi reaberta no passado domingo, dia 3 de abril, após obras de restauro dos altares e pintura da cobertura da Capela Mor.

O evento que assinalou esta reabertura iniciou-se com a Missa de Acão de Graças, presidida pelo Bispo do Algarve, seguindo-se uma Sessão Solene com intervenção das entidades envolvidas no processo e no financiamento: o Diácono Albino Martins, pela Paróquia de Giões, José Afonso, pela Junta de Freguesia de Giões, Rosa Palma, vereadora da Câmara Municipal de Alcoutim, Jorge Botelho, deputado na Assembleia da República, José Apolinário, presidente da CCDR Algarve e D. Manuel Neto Quintas, Bispo da Diocese do Algarve.

Segundo o município de Alcoutim, «com o objetivo de reabilitar o património, respeitando e defendendo a memória das nossas raízes, a Paróquia de Giões submeteu uma candidatura em 2017 ao subprograma 2, no âmbito do Programa de Equipamentos de Utilização Colectiva».

A candidatura então aprovada permitiu a 10 de fevereiro de 2019 inaugurar a 1ª fase da reabilitação, que incidiu na reparação da cobertura e na estabilização de problemas estruturais.

Em agosto de 2019, com o apoio da Associação Grito da Alegria, «foi possível recuperar dois altares laterais, dedicados a Nossa Senhora de Fátima e a São Pedro».

Todo este processo levou à apresentação de uma nova candidatura e nova aprovação no mesmo subprograma, que permitiu várias intervenções: a reparação da pintura alusiva à Nossa Senhora da Assunção, padroeira de Giões, existente na cobertura da Capela Mor, e melhorias no altar principal e nos 2 altares laterais.

O investimento nas várias empreitadas agora concluídas foi de 156.635 euros, tendo as mesmas sido apoiadas pelo Estado Português, pelo município de Alcoutim, pela Junta de Freguesia de Giões, pela Associação Grito da Alegria e pela Diocese do Algarve, entre outras entidades e particulares.