Albufeira cede viaturas à GNR para uso na cidade e em Paderne

  • Print Icon

Os veículos automóveis ficarão adstritos ao Subdestacamento Territorial de Albufeira e os motociclos ao Posto Territorial de Paderne da Guarda Nacional Republicana (GNR).

O protocolo, que foi assinado hoje, durante a manhã, no gabinete do presidente da Câmara Municipal de Albufeira, tem por objetivo reforçar os meios da GNR no concelho, de forma a permitir àquela força de segurança melhorar a eficácia da sua atuação ao nível da prevenção, defesa, proteção e segurança das populações, nas ações de policiamento, com vista a melhor prevenir a segurança dos bens e a integridade física dos cidadãos, quer sejam residentes quer os inúmeros turistas que escolhem Albufeira para destino de férias.

Durante a assinatura do protocolo, o presidente da Câmara Municipal de Albufeira José Carlos Rolo sublinhou «a importância de apoiar a GNR no cumprimento da sua missão, tendo em consideração que os meios de que esta dispõe são insuficientes para fazer face às necessidades do concelho, sobretudo durante a época balnear, quando a população aumenta de forma exponencial».

José Carlos Rolo reforça os argumentos, acrescentado que as populações do interior veem, muitas vezes, a sua segurança diminuir devido à pressão exercida sobre a zona litoral do concelho.

«Não nos podemos esquecer que no interior há necessidades muito específicas, que se prendem com os furtos de frutos secos, o apoio a idosos e a populações vulneráveis, ao que acresce, sobretudo nesta época do ano, os furtos a residências no litoral do concelho, situação que exige o reforço de meios, nomeadamente de viaturas para que as forças de segurança possam acudir em todas as frentes, garantindo a segurança do património e das respetivas populações».

O Coronel Pedro Oliveira, comandante do Comando Territorial de Faro, que se fez acompanhar pelo capitão Pedro Pereira do subdestacamento da GNR de Albufeira e outros militares da referida força de segurança, satisfeito, agradeceu ao município, na pessoa do presidente da Câmara e dos vereadores presentes.

A entrega das viaturas «vêm aumentar a capacidade de resposta da GNR, numa excelente colaboração institucional que nos irá ajudar no cumprimento diário da nossa missão», sobretudo no que respeita à prevenção e manutenção da ordem pública, o combate aos ilícitos criminais e a segurança de pessoas e bens.

No total, são 32 as viaturas que atualmente estão ao serviço da GNR de Albufeira e cada uma destas viaturas faz em média 100 quilómetros por dia, sendo que devido à sobrecarga de utilização, costumamos ter entre 8 a 10 viaturas inoperacionais, explicou aquele responsável da GNR.

«Este reforço vai ajudar imenso, com a vantagem de serem equipamentos completamente novos e, no caso dos ligeiros (elétricos), de serem viaturas amigas do ambiente, o que contribui para melhorar a imagem da GNR como uma força mais moderna e com preocupações ao nível da sustentabilidade ambiental».

Na reunião do executivo do dia 29 de junho, o município de Albufeira aprovou uma proposta do presidente José Carlos Rolo que resultou na assinatura de um protocolo com a Guarda Nacional Republicana (GNR), ao abrigo do qual, a autarquia cede em regime de comodato, pelo prazo de um ano, renovável pelo mesmo período, dois veículos ligeiros de passageiros e dois motociclos, destinados ao patrulhamento do concelho.