Águas de Portugal e APA lançam campanha de alerta para a seca

  • Print Icon

«Um minuto por dia, vamos fechar a torneira à seca» é o mote da campanha.

O Grupo Águas de Portugal e a Agência Portuguesa do Ambiente (APA), em parceria com a Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos e com o financiamento do Fundo Ambiental do Ministério do Ambiente e da Ação Climática, estão a lançar uma campanha de comunicação com o objetivo de sensibilizar para a importância de reduzir os consumos e fazer um uso eficiente da água no contexto de seca que se vive em Portugal.

Explorando o conceito de «tempo», a campanha multimeios reforça que uma torneira aberta durante um minuto pode gastar até 12 litros de água, o suficiente para garantir as necessidades básicas diárias de 1 milhão de portugueses.

«Um minuto por dia, vamos fechar a torneira à seca» é o apelo principal das mensagens de sensibilização que vão ser veiculadas através de suportes de comunicação em outdoors, na imprensa, no meio digital e nas redes sociais.

«Não controlamos o tempo que faz, mas podemos controlar o que fazemos com o tempo e, juntos, mobilizarmo-nos para a urgência de fechar a torneira à seca», advertem os responsáveis.

Esta campanha de sensibilização faz parte das medidas previstas no Plano de Prevenção, Monitorização e Contingência para Situações de Seca aprovado pela Comissão Permanente de Prevenção, Monitorização e Acompanhamento dos Efeitos da Seca.

As entidades promotoras da campanha deixam alguns conselhos úteis para «uma boa utilização da água»:

  • Fechar a torneira durante a lavagem dos dentes ou durante o barbear. Desta forma, poderá reduzir entre 10 a 30 litros de água por dia;
  • Fechar a torneira do duche durante o ensaboamento. Por cada dois minutos no banho com a torneira aberta são gastos cerca de 24 litros de água;
  • Não deitar na sanita resíduos que devem ir para o lixo. Além de entupir os esgotos, cada descarga do autoclismo representa entre 10 a 15 litros de água. Fazer descargas de autoclismo apenas quando necessário;
  • Aproveitar a água do duche, enquanto está a aquecer, para outros usos, como descargas na sanita, lavagem de chão, rega de plantas, etc;
  • Confirmar que deixa as torneiras bem fechadas. Uma simples torneira a pingar pode significar um desperdício de 30 litros de água por dia;
  • Ao substituir as máquinas de lavar, optar por eletrodomésticos que consomem menos água. Na utilização, use os programas eco e as máquinas sempre com a carga máxima;
  • Não lavar a louça ou roupa à mão com água corrente, utilizando para tal o lavatório tapado ou um alguidar ou bacia;
  • Aproveitar a água da lavagem de frutas e legumes para regar as plantas. Regar as plantas nas horas de menos calor devido à evaporação. Não regar em excesso e escolher espécies com menor necessidade de água ajuda a reduzir o consumo;
  • Em situação de seca, evitar lavar o carro. Se tiver mesmo que o fazer, não usar mangueira, que pode consumir até 400 litros de água;
  • Controlar os gastos de água através da leitura mensal do contador ou da fatura da água. Desta forma também poderá identificar consumos anormais que podem ter origem em fugas de água.